Estação Ferroviária Luís Carlos




DSC_8385

A Estação Ferroviária Luís Carlos foi inaugurada em 1914 e tem esse nome em homenagem a Luís Carlos da Fonseca Monteiro de Barros (1880-1932). Nascido no Rio de Janeiro, o Engenheiro Civil e poeta mudou-se para São Paulo, onde foi Servidor Público da Estrada de Ferro Central do Brasil. Luís Carlos era Chefe do 2º Distrito de tráfego da Central do Brasil e foi ele quem autorizou a construção da Estação, atendendo ao pedido dos imigrantes que povoavam a região e precisavam embarcar a produção da lavoura para o Rio de Janeiro e São Paulo. Além de Engenheiro, Luís Carlos era talentoso com as letras, e aos 40 anos, lançou seu livro “Colunas” e mais três livros que o conduziram para a Cadeira 18 da Academia Brasileira de Letras em 1926.

A arquitetura de Luís Carlos

DSC_8380De arquitetura simples, a Estação apresenta as típicas fachadas das estações inglesas de características próprias do século XIX.

As casas que rodeiam a Estação Luís Carlos começaram a ser construídas na década de 1920, e até hoje compõem um conjunto coeso, testemunhando esta história. A Prefeitura de Guararema tombou 20 fachadas destas construções, por seu valor histórico e artístico. Hoje os prédios abrigam empreendimentos comerciais como cafeteria, sorveteria, bistrô, bar, creperia, entre outros.DSC_8384DSC_8395

A Igreja de São Lourenço foi construída em 1906 em homenagem a São Lourenço, o santo espanhol, também conhecido como Lourenço de Huesca ou Valência.

O Santo foi um dos sete primeiros diáconos
da igreja católica no século III e é considerado um mártir, por ter sido queimado vivo sobre um braseiro ardente, por cima de uma grelha, defendendo os cristãos.


DSC_8416_menor

A construção da Igreja foi feita graças às doações de famílias tradicionais da região. A Festa, em homenagem ao Santo, é celebrada em 10 de agosto.

Atualmente, a Vila de Luís Carlos conta com diversos comércios, entre sorveterias, restaurantes e lanchonetes, além da Estação Ferroviária, o Núcleo de Educação Ambiental (NEA) entre outras atrações.

Horário de Funcionamento dos prédios públicos: sábados, domingos e feriados das 9h às 18h.
Horário dos comércios: sábados, domingos e feriados das 9h às 20h (sujeito a alterações).

Estação Ferroviária Luís Carlos e as observações

 

DSC_8452

O acesso de ida de São Paulo foi pela Rodovia Ayrton Senna / Carvalho Pinto. Próximo ao Km 68 você deve entrar a direita sentido Guararema. No trevo seguinte que dá acesso à Guararema, continuar em frente na Rodovia sentido Mogi das Cruzes. Em seguida você observará um trevo que dá acesso à esquerda para a Estação Luís Carlos. Este trecho é pavimentado com paralelepípedo e pode ser transitado sem problemas com motocicletas Custom.

 

Roteiro Estação Luis Carlos

 

DSC_8404_menor

A viela Elias Cecin Zoghbi possui um centro de exposições que estavam expondo quadros de artes. Também foi possível observar vários relógios antigos com um poema de Raniere Gonçalves que chama a atenção:

 

 

“O relógio anda para frente.DSC_8410

Perseguimos sonhos.

Vislumbramos o que desconhecemos.

E, por fim, tudo se transforma em memória:

Informações armazenadas, lembranças”

 

Um almoço bem servido e regado à comida típica mineira com direito à Frango com Quiabo e Rabada, no restaurante Bistrô Luz. Aos finais de semana não servem a la carte. Somente self service a vontade.

Pra finalizar você pode servir-se de um cafezinhoDSC_8434 no Roça Chic com direito a café coado à moda antiga em um local bem aconchegante.

DSC_8443

 

 

 

 

 

DSC_8439_menor

A Volta, optamos por seguir em direção à Mogi das Cruzes com um trecho de viagem bem gostosa, com a rodovia bem pavimentada e algumas curvas para os amantes da motocicleta.

DSC_8473_menor

Chegando em Mogi você deve voltar para a Rodovia Ayrton Senna para retornar à São Paulo.

Estando lá, vale a pena retornar por esse caminho.

Como é possível observar, a Estação Ferroviária Luís Carlos é um excelente passeio tanto para curtir um giro de motocicleta como para curtir o visual e a boa alimentação.

Endereço: Estrada Municipal Argemiro de Souza Melo, 1501 – saída para Mogi das Cruzes

 

Fontes da história:

http://www.cozinhandopara2ou1.com.br/2015/05/09/cultura-e-comida-caipiras-na-vila-estacao-luis-carlossp/

http://www.guararema.sp.gov.br/turismo/ponto-turistico/estacao-ferroviaria-de-luis-carlos.php

http://www.guararema.sp.gov.br/668/turismo/estacao+ferroviaria/maria+fumaca/

http://www.guararema.sp.gov.br/927/turismo/luis+carlos/

 

Você leu esse artigo, então deixe seu comentário. Isso é muito importante para o To Riders.

Nenhum comentário ainda

Deixe uma resposta